Informação sobre osteoporose, causas, sintomas e tratamento da osteoporose, identificando o diagnóstico associado à osteoporose e contribuindo com dicas de alimentação e atividade física que permitam a sua prevenção ou promovam o seu tratamento.


terça-feira, 29 de maio de 2012

Risedronato no tratamento da osteoporose

Aumenta a densidade mineral óssea, reduz o risco de fratura e é bem tolerado em mulheres pós-menopausa com osteoporose.
O estudo VERT6 mostrou que o uso do risedronato levou à diminuição do risco de ocorrência de fraturas vertebrais e não-vertebrais em 41% e 39%, respectivamente. Uma meta-análise confirmou a redução do risco de fratura em mulheres pósmenopausa e em mulheres com osteoporose estabelecida.
Risedronato é efetivo e bem tolerado por mais de 7 anos. Ao descontinuar o seu uso, os efeitos benéficos na densidade mineral óssea e no turnover de marcadores ósseos parecem reverter completamente dentro de 1 ano, como reportado na extensão do ensaio VERT8.
Índice dos artigos relativos a Osteoporose

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL